FECHSESP - Diretoria é eleita na sede da Federação Outubro 2017

Quem Somos

Diretoria é eleita na sede da Federação Outubro 2017

 

No dia 31 de outubro de 2017, foi realizada eleição na sede da Fechsesp para a escolha da diretoria. Com chapa única, o atual presidente, José Ferreira Neves foi reeleito ao cargo, com unanimidade dos votos. "Nesses anos todos só teve uma eleição que eu recebi um voto em branco", se orgulha Neves. A apuração e o processo eleitoral foram feitos pela assessora jurídica Maria de Fátima Mussa Neves.


Diretoria eleita:


"Estou muito feliz por estarmos novamente sendo eleitos para a diretoria da Federação. Agradeço aos companheiros que mais uma vez confiaram em mim para a presidência desta entidade. Vale lembrar que aqui somos pluralistas, todos trabalham em conjunto, participam e dão suas opiniões e sugestões para o bom andamento da Federação. Teremos um ano de lutas, mas com a presença de Deus em nossos corações, vamos enfrentar e resolver da melhor maneira possível os problemas. Tudo em prol dos trabalhadores, pois não podemos esperar nada desse governo que só retira nossos direitos. Por isso, precisamos estar unidos, para continuarmos lutando pelos direitos dos trabalhadores".


Com os cumprimentos, José Ferreira Neves.


Conheça alguns dos dirigentes sindicais que compuseram a votação:

 

 Francisco de Assis Dantas é presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Restaurantes, Bares e similares de Piracicaba (Sintchospir) e começou muito cedo na categoria. "Com 14 comecei a trabalhar em um tradicional  restaurante em Campinas como cumim, depois desse período fui promovido a garçom. 
Acabei indo para uma filial da empresa em Piracicaba, onde pude exercer diversas funções, me filiei ao sindicato e me tornei diretor. Foi então que em 1994,  me dediquei totalmente aos trabalhadores e fiquei somente no sindicato.  De lá para cá, cresci dentro da instituição e, hoje, estou no meu segundo mandato como presidente". 

Francisco ainda salienta sobre o pepel relevante da Federação e as eleições. "A Federação é um órgão muito importante para o movimento sindical, e nesse momento de crise no país, os sindicatos tem que estar unidos e fortalecidos como estiveram hoje, nesse dia de votação.  Só posso parabenizar os companheiros que votaram e me elegeram como vice-presidente pelo segundo mandato".

Francisco Pereira de Andrade, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Bauru (Sechorbs), está honrado por fazer parte de mais um capítulo da história da FECHSESP. 

"O Neves a quem estimo não somente como companheiro, mas como um irmão, concedeu-me mais esse desafio como vice-presidente desta entidade. Para mim, será sempre uma honra representar a categoria que tanto me dediquei- nos mais de 45 anos de serviço desde copeiro, garçom e maître hotel- como também, nos mais de 30 anos atuando no movimento sindical. Deus me abençoou em ser dessa categoria e só tenho que agradecer! Minha resposta será no esforço da luta diária pelos interesses dos trabalhadores, bem como na luta pelo enfrentamento das maléficas atitudes dos maus patrões! O Sechorbs em Bauru tem atuado de forma mediadora e conciliadora, sempre visando o trabalhador e sua família".

 

Geraldo dos Reis é presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de Araçatuba (Sencotel), e conta como entrou na categoria. "Trabalhei em São Paulo por 14 anos, depois fui ser garçom em um hotel no interior e lá me envolvi com o sindicato. Em determinada época em que a representação não estava agradando, o pessoal disse que enxergava em mim o líder que eles precisavam. 
Queriam então, me eleger, pois eu tinha bagagem e uma visão ampla e diferenciada. Aceitei o desafio e hoje não vivo fora do mundo sindical".
Sirlei Rodrigues Moraes que é secretária  geral do sindicato fala sobre a eleição na Federação. 
“Hoje foi um dia especial, podemos estar presentes em mais uma eleição e acreditamos que ainda podemos somar muito com a Federação e eles conosco durante o trabalho no dia-a-dia".



Divaldo Savassi, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de Limeira, há 32 anos foi funcionário de um restaurante da rede Graal, e foi nesse meio tempo que conheceu o sindicato. "É como dizem quem entra nesse meio se apaixona e não consegue mais sair".

Divaldo ainda relata sobre a ação pioneira que teve na cidade de Limeira. "Em um certo período o presidente Neves me propôs o desafio de criar um sindicato na região de Limeira e aceitei prontamente. Hoje, realizamos um trabalho de excelência para o pessoal da categoria". 

O presidente ainda fala desse dia especial de eleição. "É uma honra estar ligado à federação, ainda mais nesse momento de reformas que atingem diretamente os sindicatos, mas acredito que com nossa união venceremos  em prol dos trabalhadores".





Daniel Andrade, que é vice-presidente e coordenador de comunicação e marketing do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Restaurantes, Bares de Bauru e Região (Sechorbs), relatou como se tornou dirigente sindical ainda jovem. “Eu sempre observei líderes como o Francisco (presidente do SECHORBS), Neves (presidente da FECHSESP) e Paulinho da Força (atual deputado federal pelo solidariedade e presidente da central Força Sindical). Toda vida me solidarizei com os trabalhadores injustiçados e desmoralizados pela falta de amparo dos maus patrões, cansei de ver trabalhador ser lançado no olho da rua sem direito a nada. Como cristão isso sempre me incomodou. Então, na gestão passada, fui eleito pela categoria para exercer a vice presidência do sindicato com a missão de renovar a entidade e desenvolver o campo social- era o que o trabalhador sempre me pedia nas assembleias. 

Atualmente fui reeleito e estou na segunda gestão do sindicato. Com a experiência e bagagem do Francisco e demais diretores do Sechorbs, somado ao meu ímpeto do “sangue novo”, mudamos muito na comunicação do sindicato e ampliamos o departamento social com ações do tipo: criação de salão de beleza e estética para os trabalhadores, três unidades de odontologia em Bauru, Lins e Lençóis Paulista, reativamos duas sub sedes na região, melhoramos a assistência médica, aumentamos os sorteios de prêmios e eventos de lazer, potencializamos a tradicional "Gincana de Garçons de Bauru", inserimos no calendário de atividades do sindicato o "Maio Trabalhador", o Outubro Rosa e o  Novembro Azul, onde sorteamos mais de uma centena de prêmios para os associados. Tudo isso colocou o sindicato entre os mais atuantes do setor Hoteleiro no país! Viramos até case! O resultado foi o maior índice de sócios que o Sechorbs já obteve: só ano passado em uma campanha de sindicalização associamos mais de 3.000 trabalhadores”. 


Há 13 anos no movimento sindical, o jovem sindicalista relata sua nova perspectiva como diretor da FECHSESP. “Eu estou muito grato a Deus pela oportunidade. Deus tem sido fiel à nós! Este ano é o segundo cargo de confiança que alcanço” - Daniel também foi eleito no 8º Congresso Nacional da Força Sindical, por indicação da FECHSESP e compõe a chapa da Força Sindical Nacional. “Tudo que faço tem sido refletir minha fé em Cristo no lado social e amor ao próximo, nesse caso, aos trabalhadores que tanto confiam me legitimam nos cargos no sindicato, Federação e Central. Com certeza é uma benção representar a nível Nacional. Espero honrar o voto de confiança de todos e ajudar os companheiros naquilo que for preciso”.



Manoel Gonçalves Lima é secretário da Federação dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares do Estado de São Paulo (Fechsesp), ingressou na categoria em 1979, pelo hotel Marian Palace. Já no ano de 80, Lima entrou para o movimento sindical, pois sempre acreditou na luta que os sindicatos travam em prol dos trabalhadores. Foi em 1985 que ele se tornou diretor do Sinthoresp e, começou de fato, a desempenhar um trabalho de êxito na militância. Após esse período o secretário entrou para a Fechsesp. E, hoje, já se somam mais de 20 anos de Federação.

Ao lado presidente Neves e da Dra. Fátima, hoje, ele celebra mais uma eleição e se sente honrado em fazer parte dessa história de luta."A eleição foi ótima. O nosso presidente Neves mais uma vez foi eleito com unanimidade dos votos o que mostra seu talento em liderar. Por fim, quero agradecer aos sindicatos filiados a entidade por tornarem esse um momento memorável".

 O combativo dirigente, ainda alerta sobre um período preocupante que estamos vivendo e que atingirá sindicatos, federações, confederações e centrais. "Essa Lei 13.467/2017, da reforma trabalhista, que entrará em vigor a partir do dia 11 é um crime, não somente com a sociedade brasileira, mas também com as organizações sindicais. O governo quer estreitar os direitos trabalhistas e acuar quem os defende, que são os sindicatos". 

Lima também se preocupa com outras questões pautadas pelo golpista presidente Michel Temer. "A portaria 1.129/2017 é um retrocesso ao combate à escravidão contemporânea. Não podemos permitir um possível abrandamento no combate às condições análogas a de escravo. Precisamos nos unir para enfrentar esse período de lutas".



Confira fotos do dia da eleição: